- www.voarlivre.com - Voar Livre: uma emoção que merece ser vivida -
 

 
 
 

VOAR LIVRE
Como um Pássaro

O esporte
O parapente é o esporte aéreo que mais cresce no mundo. Permite decolar de montanhas, utilizando somente forças da natureza para voar. A grande sensação do parapente é subir o mais alto, voar a maior distância possível ou fazer acrobacias.

É um equipamento simples e prático que vem em uma mochila pesando cerca de 18 quilos e de fácil transporte.

O Brasil é considerado o paraíso do voo livre, pois aqui temos muitas montanhas, sol, e as condições meteorológicas permitem voar durante todo o ano, desde um tranquilo voo no litoral até vôos de longa distância como aquele do Recorde Mundial que foi quebrado no Ceará em novembro de 2008 num voo de incríveis 461,8Km de distância e mais de 10h de duração.

 

O parapente
é uma aeronave construída de tecido, linhas e costura, com materiais super resistentes, projetos modernos e alta tecnologia. O conjunto básico para voar livre são a selete (cadeira de vôo), o pára-quedas reserva, o parapente (vela ou velame) e um capacete.

Clique aqui para mais detalhes sobre equipamentos.

 

 

Modalidades do Parapente
existem duas modalidades que merecem destaque: o voo de Cross Country e a Acrobacia.

O voo de Cross Country consiste em atingir a maior distância possível, em linha reta, a partir do ponto onde foi a decolagem.

Já o voo de acrobacia, como o próprio nome sugere, é aquele onde o piloto executa diversos movimentos de rotação, explorando todos os eixos de movimento do parapente. Clique aqui para ver um pouco mais sobre acrobacia.

 

Como é fabricado um parapente
a primeira etapa é o desenho do projeto em computador. Normalmente o projetista já tem um modelo de parapente anterior, que será uma base para o seu novo projeto. Então ele irá buscar modificações no projeto, mantendo o mesmo nível ou aumentando a segurança e melhorando a performance do parapente, seja para ele ter um melhor planeio ou maior velocidade. Após concluído o desenho, é fabricado um protótipo do novo parapente. O projetista e pilotos de teste irão voar com este parapente, e analisar quais os resultados obtidos com as modificações que foram realizadas. Além dos testes comparativos de performace e velocidade, também são simulados diversos tipos de colapsos e situações extremas, onde o parapente deverá se comportar conforme a categoria que ele se encaixa (escola, iniciante, intermediário, performamce, etc).

Após os testes e ajustes finais na própria fabrica, o protótipo é considerado finalizado. Então ele é enviado ao LTF ou CEN, órgãos que repetem toda a fase de testes e que irão determinar se o parapente se encaixa ou não a categoria almejada. Passando nesta fase, então é realizado o teste de carga, onde a estrutura física do equipamento é submetida a carga de oito vezes o peso máximo que ela é homologada, e não poderá ocorrer nenhum rompimento de linhas ou tecido. Sendo aprovado neste fase, o projeto é considerado homologado, e então a fábrica pode começar a produzir este modelo de parapente em sua linha de produção.

 

 


  DESTAQUES

 

Veja a galeria:
Leia mais >

Image 1
Voo Duplo de Parapente
Leia mais >

Image 2
Curso: Aprenda a Voar
Leia mais >

Image 2
Equipamentos
Leia mais >